Boechat teria pulado do helicóptero antes da explosão, afirma testemunha que tentou socorrê-lo, mas a aeronave pegou fogo e explodiu

12 12-03:00 fevereiro 12-03:00 2019 0 Por Redação Urbs Magna
Boechat teria pulado do helicóptero antes da explosão, afirma testemunha que tentou socorrê-lo, mas a aeronave pegou fogo e explodiu

A vendedora Leiliane da Silva informou à polícia, nesta segunda-feira (11/1), que testemunhou o exato momento em que o helicóptero que conduzia o jornalista Ricardo Boechat colidiu com o caminhão no Rodoanel de São Paulo para logo depois explodir. Segundo ela, como a aeronave estava muito baixa, uma pessoa conseguiu saltar na pista. Porém, o helicóptero caiu sobre essa pessoa, que, presume-se, seria o jornalista. As declarações foram dadas à TV Band.

“Uma pessoa pulou do helicóptero. O piloto ficou dentro do helicóptero. A pessoa que caiu na pista era a que tinha pulado primeiro. Ele [passageiro] pulou na pista, caiu no chão e o helicóptero caiu em cima dele”, contou Leiliane. Ela disse que passava de moto pela via no momento do acidente.

Ela informou, ainda, que o passageiro teria sobrevivido quando pulou da aeronave. “Eu dizia às pessoas: ‘ele está vivo e está pedindo socorro, porque está mexendo a mão. Vamos tirar ele de lá. Vamos puxar ele’”. Segundo seu depoimento, as pessoas a alertavam que ela poderia ser atingida pelo fogo. “Quando eu passei pro lado, explodiu de novo”, disse.

O jornalista Ricardo Boechat morreu aos 66 anos em um acidente de helicóptero na tarde desta segunda-feira. A aeronave fez um pouso de emergência e foi atingida por um caminhão no Rodoanel, na região norte da cidade de São Paulo. Além dele, faleceu o piloto Ronaldo Quattrucci, que comandava o voo.

Notícia
A revelação de que o jornalista tinha morrido foi feita ao vivo na Rádio Band. A repórter Sheila Magalhães foi quem noticiou a tragédia. “Boechat apresentou o noticiário da Band News logo pela manhã, esteve em Campinas para um evento de um laboratório farmacêutico, foi a bordo de um helicóptero, acompanhado de um piloto”, descreveu. “Ele pegou o helicóptero por volta das 11h50 da manhã e pousaria no Grupo Bandeirantes por volta de 12h15, o que não aconteceu”, disse.

Por volta das 14h, a Band News informou no rádio que interromperia a programação. Os colegas de Boechat pediram desculpas aos ouvintes, mas disseram que não estavam em condições de continuar a programação. Na sequência, foi deixada apenas a vinheta no ar.

Na TV Band, o apresentador José Luiz Datena foi quem informou a morte. “Com profundo pesar, desses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, companheiro, que na última quarta, que eu vim aqui apresentar o jornal, me deu um beijo no rosto, fingido que ia cochichar alguma coisa, e, no fim, brincalhão como ele era, falou: ‘É, bocão, eu só queria te dar um beijo’. Queria informar aos senhores que o maior âncora da televisão brasileira, o Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo”. Datena chorou ao vivo.

Testemunha diz que passageiro pulou do helicóptero antes da explosão
Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicÛptero
Polícia faz perícia no local do acidente
MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADAO CONTEUDO
Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicÛptero
Bombeiros fazem uma barreira no local do acidenteMARIVALDO OLIVEIRA/CODIGO19/ESTADAO CONTEUDO
Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicÛptero
Polícia Civil faz perícia no local do acidente envolvendo o jornalista BoechatMARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADAO CONTEUDO
MORRE O JORNALISTA RICARDO BOECHAT EM QUEDA DE HELIC”PTERO EM S√O PAULO
Caminhão que se envolveu na queda do helicóptero ficou destruídoPAULO GUERETA/AG NCIA O DIA/AG NCIA O DIA/ESTADAO CONTEUDO
Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicÛptero
Partes do helicóptero são periciadas pela políciaMARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADAO CONTEUDO
HELIC”PTERO CAI SOBRE CAMINH√O NO RODOANEL
Bombeiros verificam o local do acidente em SPJOSE LAZARETE JUNIOR/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADAO CONTEUDO
Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicÛptero
Local do acidente que deixou duas vítimas em São Paulo. Entre elas, está o jornalista Ricardo Boechat MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADAO CONTEUDO

Vida e Carreira
Ricardo Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM, além de ser colunista da revista “IstoÉ”. Ele trabalhou nos jornais “O Globo”, “O Dia”, “O Estado de S. Paulo” e “Jornal do Brasil”.

Na década de 1990, teve uma coluna diária no “Bom Dia Brasil”, na TV Globo, e trabalhou no “Jornal da Globo”. Foi ainda diretor de jornalismo da Band e teve passagem pelo SBT.

Ao longo da carreira, ganhou três vezes o prêmio Esso e foi o único jornalista a vencer em três categorias o Prêmio Comunique-se (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV).

boechat acidente helicptero
RIcardo Boechat participou do Congresso Internacional de Segurança, evento promovido pelo Departamento de Segurança (Deseg) Hélcio Nagamine/Divulgação
ieda
A crítica de cinema Ieda Marcondes contou que, em 2015, Boechat a ajudou a abonar uma falta ao trabalho Arquivo Pessoal
boechat acidente helicoptero
Boechat era conhecido pela competência e irreverência Reprodução / BandNews
Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero
Ricardo Eugênio Boechat foi um jornalista, apresentador e radialista brasileiro. Já esteve presente nos principais veículos do país JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO CONTEÚDO
boechat acidente helicoptero
O jornalista começou sua carreira como repórter na década de 1970, no extinto jornal Diário de Notícias Divulgação

Anúncios