“São ridículas as acusações contra Lula a ponto de Gilmar Mendes dizer: ‘o processo do tríplex não para de pé’.

“Gilmar Mendes me disse: ‘o processo do tríplex não para de pé’”, revela Gilberto Carvalho

“Há um Judiciário que perdeu a imparcialidade e se tornou parte de um processo de destruição de um projeto”, disse o ex-ministro


Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp
Salve nosso número em sua agenda e envie-nos uma mensagem  whatsapp


O militante histórico do PT e ex-ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da Repúbica, Gilberto Carvalho, em longa entrevista para a BBC Brasil que foi publicada nesta quarta-feira (7), revelou que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes disse a ele que o processo do tríplex do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva não para de pé.

“Não tenho dúvida nenhuma de que o processo contra o Lula foi um processo montado para tirá-lo do jogo.  Não sou eu que falei isso. Qualquer juiz sabe disso. Só não agiram antes porque não queriam fazer interferência no processo eleitoral”, disse.

Sobre o juiz Sérgio Moro aceitar participar do governo de Jair Bolsonaro (PSL), Carvalho disse: “Essa notícia é apenas a confirmação de tudo que nós tínhamos falado. Há um processo de um Judiciário que se tornou acusador. Um Judiciário que perdeu a imparcialidade e se tornou parte de um processo de destruição de um projeto. É só isso”.

Carvalho diz ainda que “ele (Moro) aceitando ou não, para mim não importa muito. O fato de o Bolsonaro convidá-lo é apenas a consolidação de que ele tem parte no processo e que eles conseguiram tirar (Lula da eleição), nos derrotaram desse ponto de vista”, disse.

Sobre Moro, Gilberto afirmou que ele é “uma parte importante do Judiciário, aí incluída a segunda instância, estão afundados até as botas nessa ação de destruir o nosso projeto, e não é pelos nossos erros, é pelos nossos acertos: em função de nossa autonomia em relação aos Estados Unidos, o ferimento dos interesses das petroleiras no pré-sal, o ferimento de interesses do sistema financeiro com as medidas que a Dilma tomou sobretudo (de tentar reduzir os spreads bancários)”, disse.

Leia a entrevista completa na BBC Brasil


LOGO FOOTER ET URBS MAGNA

Anúncios

Comments

  1. E nem você deveria estar de pé, corrupto de toga!! Solta tudo que é bandido comprovado que possam lhe trazer algum benefício e mantem preso um inocente!!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.