Anúncios

ATAQUE COM SUÁSTICA TEM INVESTIGAÇÃO REABERTA POR DEMANDA DO CASO NAS REDES

13 de outubro de 2018 2 Por Redação Urbs Magna
ATAQUE COM SUÁSTICA TEM INVESTIGAÇÃO REABERTA POR DEMANDA DO CASO NAS REDES

Diga NÃO à introdução deste SÍMBOLO  SUÁSTICA PNG  em nossa BANDEIRA – Participe do Grupo WhatsApp ‘ISSO NÃO! ISSO NUNCA!’ clicando na IMAGEM ABAIXO

GRUPO WHATSAPP ISSO NÃO ISSO NUNCA


Et Urbs Magna, 13 de outubro de 2018, 10:14 GMT


A polícia civil do Rio Grande do Sul reabrirá as investigações do caso da jovem de 19 anos que teve a nuca marcada com suástica nazista

Nas redes sociais, são infinitas as atribuições do crime ao candidato Jair Bolsonaro


Receba nossas atualizações direto no seu WhatsApp

RECEIVE UPDATES WHATSAPP IN ENGLISH


Do MSN – O chefe da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt, afirmou nesta quinta-feira, 11, que serão retomadas as investigações do caso da jovem de 19 anos que teve o corpo marcado com um símbolo parecido com uma suástica em Porto Alegre. Wendt usou sua conta no Twitter para fazer o comunicado e disse que também será verificada a incidência de algum outro crime além da lesão corporal.

“Não podemos deixar de analisar todas as circunstâncias que envolvem a alegada agressão, sua motivação e como teria ocorrido”, escreveu o chefe da polícia. Ele também destacou a pressão exercida pelas redes sociais como um fator para a reabertura do caso.

A jovem que preferiu não se identificar afirmou em depoimento que foi atacada por três homens na noite de segunda-feira, 8, no bairro da Cidade Baixa, na região central de Porto Alegre. Ela voltava do curso pré-vestibular quando, após descer do ônibus, teria sido seguida pelos homens, que a ofenderam com xingamentos homofóbicos. Os homens teriam ainda agredido a menina com socos e, posteriormente, dois deles a seguraram enquanto o terceiro riscava o símbolo nazista em sua barriga com um canivete.

Leia mais aqui


 

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: