HADDAD LEMBRA LULA EM 2002, QUANDO SOB ATAQUES EM SABATINAS ASSUMIU POSTURA CONCILIADORA

1 de outubro de 2018 0 Por Redação Urbs Magna
HADDAD LEMBRA LULA EM 2002, QUANDO SOB ATAQUES EM SABATINAS ASSUMIU POSTURA CONCILIADORA

Et Urbs Magna, 01 de OUTUBRO de 2018, 10:30 GMT


Haddad repete Lula em 2002

Com postura e semblante sempre serenos – mesmo quando sob bombardeio em entrevistas -, o ex-prefeito de São Paulo se apresenta, desde que assumiu oficialmente o posto de candidato do PT à Presidência, como um homem de atitude conciliadora


NEWS WHATSAPP


O petista Luiz Inácio Lula da Silva foi eleito presidente da República com larga vantagem no ano de 2002, quando recebeu 61,3% dos votos, depois de apuradas 99,5% das urnas. O seu oponente, o tucano José Serra, ficou com 38,7, % dos votos.

Haddad, sempre sorridente descontraído, lembra muito o Lula daquela época e, quando eleito, certamente agradecerá a todos pelo “extraordinário espetáculo de democracia”, assim como fez Lula em 2002.

Na ocasião, Serra telefonou para cumprimentar Lula antes mesmo do fim da apuração. Fica então a dúvida: ao ser derrotado, o que Bolsonaro fará? Ele disse dias atrás que não reconhecerá uma vitória petista e depois assumiu sua derrota antecipadamente dizendo que jamais ligará para Haddad cumprimentando-o.


YouTube-icon-our_iconSubscreva Et Urbs Magna no Youtube  VÍDEO RELACIONADO COMEÇA EM 58:30

Anúncios