“O ‘COISO’ (COMO ESTÁ FICANDO CONHECIDO BOLSONARO) É A BARBÁRIE”, DIZ DILMA ROUSSEFF

BRASIL ELEIÇÕES 2018 NOTÍCIAS POLÍTICA

Et Urbs Magna, 26 de setembro de 2018, 10:00 GMT


Dilma sobre Bolsonaro: ‘o coiso é a barbárie’

Depois de a candidatura de Fernando Haddad ganhar ‘tutano’ eleitoral, o arsenal que o PT guardou para Jair Bolsonaro começa a ser desovado aos poucos; a candidata favorita ao senado Dilma Rousseff (PT-MG) já começa a subir o tom contra Jair Bolsonaro (PSL); ela o chamou de ‘coiso’ e mencionou a tese de que o que está em jogo no Brasil é o embate entre civilização e barbárie; Dilma diz, sobre Bolsonaro: “um salvador da pátria, que salva chutando e destruindo, destilando ódio”


whatsapp  Receba nossas atualizações no WhatsApp


Do Brasil 247 – Depois de a candidatura de Fernando Haddad ganhar ‘tutano’ eleitoral, o arsenal que o PT guardou para Jair Bolsonaro começa a ser desovado aos poucos. A candidata favorita ao senado Dilma Rousseff (PT-MG) já começa a subir o tom contra Jair Bolsonaro (PSL). Ela o chamou de ‘coiso’ e mencionou a tese de que o que está em jogo no Brasil é o embate entre civilização e barbárie. Ela diz, sobre Bolsonaro: “um salvador da pátria, que salva chutando e destruindo, destilando ódio”.

A reportagem de Carolina Linhares (Folha de S. Paulo) destaca que “a ex-presidente também rejeitou a ideia de que a esquerda seja o lado radical, lembrando a ditadura militar. ‘Muitas pessoas questionam dizendo que nós radicalizamos, que nós somos aqueles que não querem o entendimento e a compreensão. Primeiro, porque não há muito diálogo entre o pescoço e a forca. A nós eles não trataram de forma democrática. A nós eles trataram de forma autoritária excludente’.”

A candidata a senadora estava ‘afiada’ no evento de campanha. Ela soltou o verbo sobre o mergulho na obscuridade feito pelos maus perdedores do passado recente: “não estamos indo pra vingança nem para a revanche. Estamos indo para a vitória. […] Na vitória, você quer reconstruir. Sem democracia nós não vamos avançar em nenhum processo. Ela é pré-condição. Para que a gente possa ter um convívio que não passe pelo ódio destilado pela extrema-direita”.

Dilma ainda ligou os tucanos a Bolosnaro: “o fato mais grave que a gente deve atribuir aos tucanos é ter permitido o surgimento de uma extrema-direita e seus filhotes: todos os MBL, os Vem Pra Rua.”

Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.