HADDAD 31%, CIRO 17%, BOLSONARO 16%. O EX-MILITAR LEVA UMA SURRA NO NORDESTE E PERDE NO 1º TURNO

19 de setembro de 2018 3 Por Redação Urbs Magna
HADDAD 31%, CIRO 17%, BOLSONARO 16%. O EX-MILITAR LEVA UMA SURRA NO NORDESTE E PERDE NO 1º TURNO

Et Urbs Magna, 20 de setembro de 2018, 01:00GMT


Ibope: Haddad mais do que dobra intenções de voto no Nordeste e atinge 31% derrotando a todos com larga vantagem

Por pouco, Haddad venceria já no primeiro turno, e é o que vai acontecer se a virada do petista continuar galgando os números atuais


Do UOL – O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, mais do que dobrou suas intenções de voto no Nordeste no período de uma semana, passando de 13% para 31% na preferência dos entrevistados na região, segundo pesquisa Ibope, cuja íntegra foi divulgada nesta quarta-feira (19).

Segundo a pesquisa dessa semana, no Nordeste, Ciro Gomes (PDT) aparece em segundo lugar com 17% das intenções enquanto Jair Bolsonaro (PSL) vem em terceiro com 16%. Considerada a margem de erro, estão empatados tecnicamente.

Marina Silva (Rede), que chegou a ter 17% das intenções de voto na região, agora tem 6%. Geraldo Alckmin (PSDB) tem 5%. Não sabem ou não responderam totalizam 8%. Os Os que declararam que irão votar nulo ou em branco são 11%.

Com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva considerado inelegível com base na Lei da Ficha Limpa e o trabalho do PT em mostrar que Haddad é seu substituto, o ex-prefeito de São Paulo segue em ascensão desde a primeira pesquisa Ibope divulgada durante a campanha eleitoral, em 20 de agosto.

Na época, quando a situação de Lula ainda não havia sido julgada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Haddad tinha 5% das intenções, ainda considerando apenas a região Nordeste. Em 4 de setembro – portanto, após a decisão da Corte –, ele apareceu com 8%. Na pesquisa do instituto divulgada em 11 de setembro, Haddad tinha 13%. Agora, saltou para 31%.

O instituto fez a pesquisa entre os dias 16 e 18 de setembro, em 177 municípios em todo o país, com 2.506 entrevistados. A pesquisa foi contratada pelo jornal “O Estado de S. Paulo” e pela TV Globo, e registrrada no TSE com o número BR-09678/2018. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança estimado é de 95%. Segundo o Ibope, isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados serem um retrato do “atual momento eleitoral”.


YouTube-icon-our_icon  Subscreva Et Urbs Magna no Youtube ASSISTA HADDAD DIZENDO QUE A GLOBO É INVESTIGADA POR PROBLEMAS NA RECEITA FEDERAL


 


Anúncios