PRISÃO ESCANDALOSA DE LULA INCOMODA O MUNDO – LÍDERES VÊM AO BRASIL E VISITAM-NO A TODO O TEMPO

BRASIL ELEIÇÕES 2018 Golpe 2016 Lawfare Lula NOTÍCIAS OPINIÃO POLÍTICA PT

Et Urbs Magna, 14 de setembro de 2018, 05:25 GMT


Desta vez, D’Alema (IT) e Cuauhtémoc Cárdenas (MX) vieram a Curitiba se encontrar com Lula na prisão

O ex-primeiro-ministro italiano Massimo D’Alema e o ex-governador do Distrito Federal do México Cuauhtémoc Cárdenas visitaram na quinta (13) Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal em Curitiba


whatsapp  Receba nossas atualizações no WhatsApp


Reeditado Do IstoÉ – “Encontrei Lula como o encontrei anos atrás no Planalto quando era presidente, com o mesmo espírito, o mesmo valor e a mesma vontade de servir ao povo brasileiro”, disse D’Alema na entrada da sede da Polícia Federal, onde o ex-presidente cumpre uma pena de 12 anos e um mês de prisão, resultado de um golpe de estado que culminou com este complô jurídico-midiático-político para eliminá-lo das eleições 2018.

O encontramos com o mesmo espírito combativo de sempre e isto nos faz sair com otimismo”, declarou Cárdenas, um líder histórico da esquerda mexicana.

Os dois políticos qualificaram de “injustiça” a atual situação de Lula, condenado no caso de um imóvel que jamais foi dele – o famoso triplex no Guarujá. Segundo a montagem do processo, Lula o teria recebido em troca de favores ao grupo OAS envolvendo a Petrobras, mas foram descobertas manipulações grotescas realizadas pela operação lava jato – estrelando o juiz de Curitiba Sergio Moro.

Cárdenas e D’Alema participaram na sexta-feira, em São Paulo, do seminário “Ameaças à democracia e à ordem multipolar”, organizado pela Fundação Perseu Abramo, do Partido dos Trabalhadores (PT), com a presença de figuras como o linguista americano Noam Chomsky, o ex-secretário da Anistia Internacional Pierre Sané, o ex-presidente do governo espanhol José Luis Rodríguez Zapatero e o ex-premier francês Dominique de Villepin.

A proposta do seminário partiu de De Villepin, revelou nesta quinta-feira o ex-chanceler Celso Amorim.

Em entrevista coletiva, Amorim e De Villepin citaram o pronunciamento do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) defendendo a presença de Lula na corrida eleitoral.

Para Amorim, é “chocante” que a justiça brasileira não acate tal pronunciamento. O comitê dos Direitos Humanos da ONU “foi tratado como um ‘comitezinho’ sem importância…”.

De Villepin avaliou que o acatamento da orientação do Comitê teria permitido “uma campanha eleitoral e um debate mais aberto, principalmente considerando que o ex-presidente Lula tem amplo percentual de intenção de voto”.


ASSISTA AO VÍDEO EM QUE LULA PEDE A ‘TRANSPOSIÇÃO’ DE VOTOS PARA HADDAD
YouTube-icon-our_icon  Subscreva Et Urbs Magna no Youtube


Anúncios

1 thought on “PRISÃO ESCANDALOSA DE LULA INCOMODA O MUNDO – LÍDERES VÊM AO BRASIL E VISITAM-NO A TODO O TEMPO

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.