[VÍDEO] BOLSONARO, CONSCIENTE, FALA DO ATENTADO E POLITIZA MESMO DEBILITADO NA CAMA DO HOSPITAL

Em vídeo, Bolsonaro fala sobre ataque em Minas: “Dor insuportável”

O candidato à Presidência da República está internado na Santa Casa de Juiz de Fora e “mais forte que nunca”, segundo filho


Em um vídeo gravado pelo senador Magno Malta (PR/ES), o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) fala, pela primeira vez, do ataque que sofreu nessa quinta-feira (6/9), durante campanha em Juiz de Fora (MG). Na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia, o candidato disse que a dor que sentiu da facada é “insuportável” ASSISTA:

Do Metrópoles – “Tava muito preocupado porque parecia uma pancada na boca do estômago. (…) A dor era insuportável e parecia que tinha algo mais grave acontecendo”, afirmou, aproveitando o momento para agradecer o atendimento que recebeu na unidade de saúde. “Essa equipe maravilhosa, abençoada por Deus, evitou que um maior acontecesse”.

“Mais forte do que nunca”
O deputado federal por São Paulo Eduardo Bolsonaro (PSL), filho do presidenciável Jair Bolsonaro, disse, no início da madrugada desta sexta-feira (7), que o pai consegue falar “mas ainda está um pouco baqueado por conta da cirurgia”.

Segundo o parlamentar, após o ataque, o candidato ao Palácio do Planalto está se recuperando bem e sua transferência para a capital paulista ou Rio de Janeiro será avaliada sem pressa. Mais cedo, o deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL) afirmou que o pai está “mais forte do que nunca”.

Uma equipe do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, deve se reunir com os médicos da Santa Casa às 8h desta sexta para avaliar o estado de saúde de Bolsonaro e se ele vai poder ser transferido.

O ataque
Bolsonaro foi esfaqueado na tarde dessa quinta-feira (6), enquanto cumpria agenda de campanha em Juiz de Fora. Um homem que estava no meio da multidão ao redor do candidato se aproximou e desferiu um golpe, com uma faca, contra a barriga de Bolsonaro.

O agressor tentou fugir, mas os simpatizantes do presidenciável impediram. Agentes da Polícia Federal, que faziam a escolta do candidato, tiveram que intervir para evitar que o homem fosse linchado; depois, o prenderam.

Adélio Bispo de Oliveira confessou o crime e disse ter agido por “ordem de Deus“. Nesta noite, um segundo suspeito de estar envolvido com o atentado foi detido pela PF – a identidade dele não foi revelada.


ASSISTA:

 

 


LOGO FOOTER ET URBS MAGNANAS REDES SOCIAIS


whatsapp  Receba nossas atualizações no WhatsApp
YouTube-icon-our_icon  
Subscreva Et Urbs Magna no Youtube
facebook pages  Curta Et Urbs Magna no Facebook
facebook groups  Grupo no Facebook PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO
twitter icon  Et Urbs Magna no Twitter


Anúncios

Comments

  1. […] [VÍDEO] BOLSONARO, CONSCIENTE, FALA DO ATENTADO E POLITIZA MESMO DEBILITADO NA CAMA DO HOSPITAL […]

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.