HADDAD: MONOPÓLIO DA GLOBO VAI ACABAR! MANUELA: VOU TIRAR O TEMER DO JABURU

8 de agosto de 2018 1 Por Redação Urbs Magna
HADDAD: MONOPÓLIO DA GLOBO VAI ACABAR!  MANUELA: VOU TIRAR O TEMER DO JABURU

Manuela e Haddad na abertura de entrevista coletiva na sede do PCdoB, em São Paulo, nesta terça-feira 7/VIII (Crédito: Thalita Oshiro/Twitter/Manuela D’Ávila


O Conversa Afiada transmitiu ao vivo a entrevista coletiva que Fernando Haddad e Manuela D’Ávila, que compõem a candidatura de Lula à presidência, concederam na tarde desta terça-feira, 7/VIII, na sede do PCdoB em São Paulo. Leia abaixo os principais pontos, transcritos de modo não-literal:

HADDAD

– tenho a honrosa tarefa de representar Lula como vice

– assim que a candidatura Lula for homologada, vamos estender o tapete vermelho para a Manuela ocupar o meu lugar

– será um grande dia para mim quando eu ceder a vice para a grande companheira Manuela

– demonstro aqui que não existe projeto pessoal da nossa parte, mas a ideia de que precisamos resgatar o Brasil

– PCdoB e PT têm uma história de 40 anos juntos

– mantivemos a aliança, mesmo em condições adversas (e lamentamos que essa frente não seja ainda mais ampla). Temos um plano de Governo que será ajustado, tem muita coisa boa do PT e do PCdoB que ainda vai entrar

– fizemos uma convocação conjunta para que todos estejamos em Brasília no dia 15 para protocolar o pedido de candidatura do Lula

– perseverança e resiliência para defender o maior líder político da História do País

– estamos irmanados em torno do Lula

[sobre a participação de Lula nos debates]: para mim, a legislação é clara: o artigo 16A do Código Eleitoral diz: mesmo a candidatura sub judice mantém todas as prerrogativas e direitos de qualquer outra candidatura. E é óbvio que tem que ser assim. Então, a partir do dia 15, na minha opinião o TSE passa a ser a instância correta para dirimir dúvidas como essa. Deveremos recorrer à Justiça Eleitoral para aplicação do Código Eleitoral. É textual. Lula teria, até o deferimento ou não da sua candidatura, o direito de participar de tudo, em rádio e TV!

– queremos o Lula em rádio e TV defendendo o seu programa e a sua candidatura

– podemos fazer um debate alternativo ao da Band, na quinta-feira [9/VIII], para discutir o nosso programa

– vamos começar a rodar o País com o programa do PT e do PCdoB nas mãos

– para resgatar a soberania nacional, a soberania popular e o desenvolvimento com inclusão

– sem medo de denunciar o que estão fazendo com o Lula

– Manuela é a vice dos nossos sonhos

– não tem cabimento o oligopólio, tanto dos meios de comunicação quanto dos bancos. Sem pluralidade, não há Democracia econômica (juros) nem Política (nos meios de comunicação).

– queremos mais crédito, não menos; mais vozes, não menos. A legislação do mundo desenvolvido impede que políticos mandem nos meios de comunicação; e a aqui? Vivemos em uma monocultura. Somos expostos só a uma opinião, sobre qualquer que seja o tema. Não dá pra ser assim!

– propriedade cruzada, monopólio da informação… temos que avançar! E vamos gerar mais empregos para jornalistas

– por que os meios de comunicação, concentrados, estão demitindo? Teremos mais pluralidade, mais empregos, melhor carga horária, mais oportunidades

– jornalistas têm que ter liberdade para se expressar, com mais patrões! Fomento a cooperativas, rádios comunitárias…

– olha a Abril. Ontem, mais 500 pra rua! As agências internacionais que mantêm serviço no Brasil estão ameaçadas por meios de comunicação brasileiros, que querem tirá-los do ar. A mesma imprensa que nos acusa de censura quer censurar agências internacionais

– como os jornais locais têm a coragem de pedir ao Supremo proteção contra a concorrência de outros empregadores?

– e os bancos? 300% de taxas de juros, com inflação a 4%? E ninguém se indigna?

– The Economist disse que banco brasileiro é o único que ganha com crise ou sem crise

– praticam spreads absurdos

– precisamos de crédito barato!

– o nosso plano é para radicalizar a Democracia!

MANUELA

– acreditamos que essa união é a saída que oferece mais condições de vencer a Eleição

– sempre falei que o que não temos é o direito de perder a Eleição

– essa é a chapa que vai vencer a Eleição!

– o impacto da crise é grande demais para nos darmos ao luxo de manter a minha candidatura e não aglutinar forças para vencer o pleito

[sobre as alegações de que ela foi vítima de machismo ao abrir mão de candidatura própria]: engraçado como as pessoas machistas só conseguem formular qualquer raciocínio a partir da lógica delas

– quando indicam a Ana Amélia, tratam com festa; mas quando uma mulher é indicada a vice do líder das pesquisas, falam que é machismo

– isso é medo de ter uma mulher na vice-presidência! Que é o que vai acontecer!

– das minhas tarefas honrosas, uma delas é que vou morar no Palácio do Jaburu

– eu vou tirar o Temer do Jaburu, porque serei a próxima moradora de lá

– democratização dos meios é prevista na Constituição! Precisamos de regionalização da mídia!

– [sobre a possibilidade de retomar as negociações com Ciro]: nosso compromisso é o de diálogo. Para que as relações de solidariedade e respeito sejam mantidas. Sempre dialogamos com o Ciro, é um grande amigo. Já existe um pacto de não-agressão.

– somos o verdadeiro triplex: vamos viajar o Brasil todo, conversar com o povo

– Haddad e eu estamos no lugar em que sempre estivemos: militando pelo Brasil para mostrar que o País pode voltar a ser feliz


Et Urbs Magna 🇧🇷🌐

Anúncios