PARTIDÁRIO DO GOLPE, FACHIN PROTAGONIZA NOVA ARMADILHA PARA LULA E SUA DEFESA

1 de agosto de 2018 1 Por Redação Urbs Magna
PARTIDÁRIO DO GOLPE, FACHIN PROTAGONIZA NOVA ARMADILHA PARA LULA E SUA DEFESA

Não há qualquer intenção de reexaminar a questão da execução da pena antes do trânsito em julgado da sentença do ex-presidente


whatsapp  Receba nossas atualizações direto no WhatsApp


É apenas uma armadilha, aproveitando-se do que, em Direito, chama-se “pré-questionamento” que, num escorregão da defesa de Lula, menciona a questão da elegibilidade do ex-presidente num recurso ao STF.

Colocar a questão em pauta, agora, abre espaço para que, com uma decisão negativa, não seja reconhecido um recurso à Corte Suprema contra uma eventual decisão do TSE de negar registro à candidatura Lula. Ou, ao menos, negar efeito suspensivo a tal recurso.

Não se iludam que isso venha a ser uma fórmula para que as eleições transcorram com liberdade e sem exclusões. Tudo é caviloso e nada é sincero no exame judicial do caso de Lula.

Trata-se de uma “Justiça com Partido”, em sua porção dominante. E de uma Justiça sem coragem, na minoria que não se insurge contra o arbítrio, presa a  laços corporativos que falam mais alto do que consciências frágeis.

Et Urbs Magna, com informações da Folha de São Paulo e do Blog Tijolaço


LOGO FOOTER ET URBS MAGNA

NAS REDES SOCIAIS


whatsapp  Receba nossas atualizações no WhatsApp
YouTube-icon-our_icon  
Subscreva Et Urbs Magna no Youtube
facebook pages  Curta Et Urbs Magna no Facebook
facebook groups  Grupo no Facebook PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO
twitter icon  Et Urbs Magna no Twitter


 

Anúncios