POR QUE O CENTRÃO DESISTIU DE CIRO E BOLSONARO PARA APOIAR ALCKMIN?

De repente, em poucas horas, o chão de Ciro Gomes (PDT) e de Jair Bolsonaro (PSL) parece ter ruído. Geraldo Alckmin (PSDB) será oficializado como candidato único do establishment


por Andrei Meireles


whatsapp  RECEBA nossas ATUALIZAÇÕES direto no WHATSAP 


Pela ordem natural das coisas, a debacle do PT, com o impeachment de Dilma Rousseff e a prisão de Lula por corrupção, levaria os tucanos de volta ao poder. As cenas explícitas de corrupção envolvendo Aécio Neves, e denúncias contra José Serrae outros caciques nivelaram o jogo. Desde a volta da democracia, após o vexame com Fernando Collor, PSDB e PT se revezaram no poder. O fiasco de ambos gerou a expectativa de que algo diferente, velho ou novo, os sucedessem.

Nessa embolada sucessão presidencial o que despontou como novidade – Luciano Huck e Joaquim Barbosa, por exemplo – mostrou-se efêmero. Sobrou um deserto. Foi por aí que alguns se aventuraram. Jair Bolsonaro tenta fincar uma estaca nessa seara. Se apresenta como candidato a protagonista no jogo em que há tempos é figurante, mas acaba de ser barrado como coadjuvante no final da preliminar.

Depois de flertar com todo tipo de incoerência – de aulinhas de neoliberalismocom o professor Paulo Guedes a fisiologismo explícito com o catedrático Valdemar Costa Neto -, Bolsonaro continua no mesmo lugar.

E não sabe como avançar. Até tentou um verniz de raiz, a tal chapa verde oliva com o general da reserva Augusto Heleno como vice. Uma escolha que agradaria a turma que prega a volta dos militares ao poder. A ironia é que esbarrou no PRP, um dos apêndices do PT na Bahia.

Após a queda de tucanos e petistas, Ciro Gomes sentiu o vácuo e também resolveu voar alto. Seus balões tomaram os céus nesse inverno, subiram tanto que ficou ao alcance da mão o que parecia impossível.Até essa quinta-feira (19),ele parecia a um passo de uma coligação que unisse em torno dele a sopa de letras da direita, batizada de Centrão ( DEM, PP,PRB,PR,SDD…) a siglas de esquerdacomo o seu PDT, PSB e PC do B.

Com uma aliança nessas proporções, se não ocorresse um cataclisma, Ciro já entraria no páreo como praticamente imbatível.

De repente, em poucas horas, o chão dele e de Bolsonaro parecem ter ruído. O de Bolsonaro, apesar de seu sucesso nas pesquisas, era carta cantada.

A rasteira em Ciro, mesmo com todo seu polêmico histórico, surpreendeu.

Ciro cantava em verso e prosa que tinha muito amor para dar. Seus desaforos, beligerância, seriam coisas do passado. Sua pregação por um cavalo de pau na política econômica apenas figura de retórica. E por aí tentou surfar, mesmo com tropeços e recaídas. Parece que não deu certo.

Ciro e Bolsonaro, apesar do empenho, não conseguiram se mostrar confiáveis às elites que deles desconfiavam.
Abriram espaço para Geraldo Alckmin. Quem antes desdenhava o tucano, agora troca penduricalhos por declarações de apoio.

Os partidos de centro-direita antes flertavam com todos. Atraíram a cobiça geral,mas são pragmáticos na hora da decisão. Seguem o establishment político e eleitoral que resolveu apostar em Geraldo Alckmin nessa largada da corrida presidencial.


Urbs Magna🌐 é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.

whatsapp  RECEBA nossas ATUALIZAÇÕES direto no WHATSAP 
YouTube-icon-our_icon  Subscreva nosso Canal do Youtube e acesse todos os vídeos.
facebook pages  Curta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens.
facebook groups  Entre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário. 
twitter icon  Siga-nos no Twitter.


Et Urbs Magna🌐Os Divergentes

Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.