TOMA, MORO! TRF-4 CONDENA ESPOSA DE EDUARDO CUNHA, QUE JUIZ DE CURITIBA HAVIA ABSOLVIDO

BRASIL Corrupção NOTÍCIAS POLÍTICA

whatsappRECEBA nossas ATUALIZAÇÕES direto no WHATSAP


Nesta quarta (18), a jornalista Cláudia Cruz, mulher do deputado cassado e preso Eduardo Cunha, foi condenada pelo TRF-4 a dois anos e seis meses de prisão por manter depósitos não declarados no exterior (evasão de divisas). Há mais de um ano atrás, Moro a absolveu dos crimes de lavagem de dinheiro e evasão fraudulenta de divisas por falta de provas. A pena deverá ser cumprida em regime inicial aberto.

A esposa de Cunha conseguiu desbloquear 176.670 francos suíços que Moro havia mandado confiscar.

Na época, o MPF entrou com recurso contra a decisão de Moro em absolvê-la. O juiz curitibano enumerou gastos de Cláudia Cruz no exterior, mas disse que “embora tal comportamento seja altamente reprovável, ele leva à conclusão de que a acusada Cláudia Cordeiro Cruz foi negligente quanto às fontes de rendimento do marido e quanto aos seus gastos pessoais e da família. Não é, porém, o suficiente para condená­-la por lavagem dinheiro“.


O Urbs Magna🌐 é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhecom seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.

whatsappRECEBA nossas ATUALIZAÇÕES direto no WHATSAP
YouTube-icon-our_iconSubscreva nosso Canal do Youtube e acesse todos os vídeos.
facebook pagesCurta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens.
facebook groupsEntre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário.
twitter icon
Siga-nos no Twitter.


Et Urbs Magna

Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.