GREVE É O PRINCÍPIO DO PLANO QUE ABRE CAMINHO PARA O EXÉRCITO E ACABA COM A ELEIÇÃO DE LULA

#FORATEMER BRASIL Golpe 2016 NOTÍCIAS PROTESTOS NO BRASIL

Há quem diga que essa greve dos caminhoneiros tem, novamente, o dedo imundo da rede Globo. E que a movimentação dos caminhoneiros é estimulada principalmente pelas próprias transportadoras, cujos donos se uniram à mídia, com apoio do mais representativo empresariado brasileiro, para forçar uma intervenção militar que terá a ousadia, óbvia a partir desta argumentação, de suspender as eleições presidenciais de outubro.

A lógica desta tese é fundamentada especificamente a partir do ressurgimento da polêmica sobre a candidatura de Lula, tema o qual tem ampla possibilidade – quase totalitária – de ressuscitar o condenado político tornando-o apto para um terceiro mandato, o que foi até mesmo defendido por Cármen Lúcia na última semana.

Ora, tomando-se a data do início da especulação sobre a elegibilidade do ex-presidente percebemos que não demorou para que a greve dos caminhoneiros fosse deflagrada tendo ocorrido quase que sincronicamente ao tema supracitado, fato que justificaria a inevitável e desesperada negativa do neoliberalismo quanto a aceitação de “Lula De Novo” no poder, desta vez com um insigth de que só mesmo o fim das eleições o tirarão do jogo.

Estão usando os pobres caminhoneiros como fantoches. Mais uma vez eles, que incrementaram o golpe midiático seguido do jurídico, agora sao pegos em uma armadilha para promover um golpe militar. E, ainda que sejam as “buchas” desta fase do processo, pedem ingenuamente a nossa ajuda e apoio. Se existisse uma causa fundamentada nas bases legítimas da classe estariam defendendo Lula Livre. Deste ângulo, é gritante.

fb_img_1527228809011-313758572.jpg

Como o teólogo Leonardo Boff advertiu recentemente em uma de suas publicações no microblog Twitter, não podemos esquecer que “…o golpe de Pinochet no Chile (…) começou por causa da greve dos caminhoneiros (…) porque os golpistas querem levar seu projeto neoliberal até o fim, para desgraça de todos nós“.

Curiosamente, e praticamente confirmando esta teoria, circula na web um vídeo, muito bem produzido, alertando para o desabastecimento e suas consequências desastrosas para qualquer sociedade. Uma produção que, mesmo de curta metragem, não poderia ter sido concebida em tempo tão hábil a não ser premeditadamente em concluio com todos os demais elementos que cada vez mais enfatizam a “inevitável” chegada das forças armadas ao poder para “resolver definitivamente” o caos. E com o subsequente aplauso da população imbecilizada por todo este enredo notável e altamente crível. Quem desconfiaria ou se atreveria a dizer o que agora vos digo? E o Exército ainda assim sairá, de quaisquer versões apresentadas, como o herói da nação que, finalmente, resolveu a porra dessa crise. ASSISTA:

Assim, cairá Temer que não resolveu na greve dos caminhoneiros porque não o permitiram. E eles virão e inviabilizarão o pleito de outubro derrotando, finalmente, o Lula tão pertinente. E farão eleições indiretas para perpetuar o neoliberalismo, pois a direita perdeu a eleição para a classe trabalhadora quatro vezes consecutivas e não aceitarão a derrota, após todas as falhas condenatórias para a prisão política do presidente operário.

Tendo visto toda a articulação do golpe 2016, que tomou criminosamente um governo legítimo com pleno apoio da Globo, PSDB e EUA, e observando-se este país com desemprego recorde, recessão e achatamento do salário mínimo, além da vergonhosa desmoralização a nível internacional, temos certeza que a militarização do governo será o próximo capítulo da novela Brasil que ainda está longe de terminar.

É o fundo do poço para a soberania brasileira. O desmonte de nossas riquezas é absurdamente notável, bem como a desmoralização dos três poderes. E todas as conquistas dos últimos vinte anos destruídas.

Neste ínterim, mas ingresso nesta narrativa, encontra-se ainda um Lula preso em Curitiba estrategicamente para ficar calado e, assim, se manter inerte, ele e seu povo, o brasileiro. Porque Lula fala demais. Adverte demais. Conscientiza demais. E lá ficará até que tudo esteja resolvido.

O Urbs Magna🌐 é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.

Subscreva nosso Canal do Youtube e acesse todos os vídeos. Curta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens. Entre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário. Siga-nos no Twitter.

Anúncios

1 thought on “GREVE É O PRINCÍPIO DO PLANO QUE ABRE CAMINHO PARA O EXÉRCITO E ACABA COM A ELEIÇÃO DE LULA

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.