MORO DEFECOU NO “IN DUBIO PRO REU” – PRINCÍPIO DA PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA

BRASIL Corrupção ELEIÇÕES 2018 Golpe 2016 Julgamento de Lula Justiça Lawfare Lula NOTÍCIAS OPINIÃO

In dubio pro reo é uma expressão latina que significa literalmente “na dúvida, a favor do réu”. Ela expressa o princípio jurídico da presunção da inocência, que diz que em casos de dúvidas (por exemplo, insuficiência de provas) se favorecerá o réu.

O princípio in dubio pro reo aplica-se sempre que se caracterizar uma situação de prova dúbia, pois a dúvida em relação à existência ou não de determinado fato deve ser resolvida em favor do imputado.

Ressalte-se, ainda, que a dúvida existente acerca da autoria de um delito não está nas provas até então produzidas, mas na própria mente daquele que as analisa; a dúvida não é a causa/motivo de se absolver o réu, mas, ao contrário, é a falta elementos de convicção que demonstrem ligação do acusado com o fato delituoso é que geram, no julgador, a dúvida acerca do nexo entre materialidade e autoria. Prova não pode ser dúbia, mas a conclusão acerca de um fato apurado é que gera dúvida no raciocínio do que julga.

Desta forma, é alheio ao campo substantivo, pertencendo ao Direito Processual, que surgiu para cotejar as injustiças oriundas da condenação de um acusado, ainda quando não haveria provas cabais de autoria e materialidade do fato.

Logo, com sua convicção sem provas ao condenar Lula, indo muito além do que a própria justiça alicerçou, Sergio Moro literalmente cagou para ela, a justiça.

O Urbs Magna🌐 é um site independente. Se você quer ajudar na luta contra o golpismo e por um Brasil melhor, compartilhe com seus amigos e/ou em grupos de Facebook e WhatsApp. Quanto mais gente tiver acesso às informações, menos poder terá a manipulação da mídia golpista.

Subscreva nosso Canal do Youtube e acesse todos os vídeoso. Curta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens. Entre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário. Siga-nos no Twitter.

Urbs Magna🌐

Anúncios

1 thought on “MORO DEFECOU NO “IN DUBIO PRO REU” – PRINCÍPIO DA PRESUNÇÃO DE INOCÊNCIA

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.