SISTEMA DO STF PODE TER SIDO VIOLADO EM JULGAMENTO DE RECURSO DE LULA.

9 de maio de 2018 1 Por Redação Urbs Magna
SISTEMA DO STF PODE TER SIDO VIOLADO EM JULGAMENTO DE RECURSO DE LULA.

A Folha de São Paulo e o jornal O Globo informaram que o ministro do STF, Dias Toffoli, realizou sua votação acompanhando o relator, ministro Edson Fachin, que já havia votado contra Lula no recurso que julga se a prisão foi irregular.

Ainda faltam os votos de Lewandowski, Gilmar e Celso de Mello, este último, mais antigo no STF, certamente se posicionará contra Lula. Assim, se conseguir apoio dos demais, o ex-presidente sairá derrotado.

No segundo parágrafo do jornal dos Marinho a votação e o resultado já é antecipado. Logo, se o voto virtual é secreto, como as duas mídias obtiveram tais informações?

As hipóteses mais plausíveis apontam que os ministros comunicaram seus votos, o que anularia a votação segundo o regimento interno do STF ou, pior ainda, que o sistema do supremo foi violado.

Agora, o próprio STF precisa informar se o sistema foi de fato violado ou não é, em caso afirmativo, quem seri o responsável pela violação.

As mesmas mídias em questão lançaram uma FAKE NEWS no intuito de pressionarem os ministros a votarem contra Lula.

Outro ponto que chamou atenção é a certeza que o jornal O Globo tem sobre o voto de Celso. Neste ponto, Gilmar Mendes tem toda a razão quando afirma que é preciso parar a movimentação da mídia que incessantemente tem influenciado o poder judiciário que se acovarda com o Jornal Nacional.

Subscreva nosso Canal do Youtube e acesse todos os vídeos. Curta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens. Entre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário. Siga-nos no Twitter.

Urbs Magna 🌐 Esquilo Político

Anúncios