TEMER CANCELA VIAGENS – ÁGUA JÁ BATE EM SUA BUNDA

Brasília – Depois de cancelar sua participação na abertura da Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), hoje, o presidente Michel Temer decidiu também não fazer a viagem pelo Sudeste Asiático, marcada para a semana que vem. O roteiro já havia sido encurtado, mas, ontem, o Palácio do Planalto começou a desmobilizar a equipe que acompanharia o presidente. Esta é a segunda vez que Temer cancela a visita que faria a países da região. Em janeiro, ele desistiu de viajar por recomendação médica, depois de passar por procedimentos cirúrgicos para desobstruir a uretra.
A decisão de Temer permanecer no país acontece no momento em que as investigações sobre o inquérito dos portos avança sobre seus familiares. Na quinta-feira, uma das filhas do presidente, Maristela Tema, vai prestar depoimento no inquérito que apura supostos atos de corrupção que envolvem empresas do setor portuário. As suspeitas dos investigadores é de que uma reforma na casa de Maristela tenha sido usada para lavar dinheiro de propina destinada ao emedebista.
Segundo o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, Temer optou por ficar no Brasil para não comprometer a votação de “temas importantíssimos no Congresso”. Isso porque, caso ele viajasse ao exterior, os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) também teriam que deixar o país para não ficarem inelegíveis, já que teriam de assumir interinamente a Presidência da República.

DE OLHO NA BASE
Temer passou o fim de semana descansando a uma residência particular no Bairro Alto de Pinheiros, Zona Oeste da capital paulista. A decisão de cancelar a ida a Ribeirão Preto e antecipar o retorno a Brasília está relacionada à votação de um projeto de lei (PL) para reforçar o orçamento do Fundo de Garantia à Exportação em cerca de R$ 1,3 bilhão. O PL foi enviado pelo governo aos parlamentares e Temer quer acompanhar de perto o empenho da base aliada na matéria.
O governo pediu aos parlamentares empenho na aprovação do texto que será levado a votação em sessão do Congresso Nacional, na próxima quarta-feira. Se aprovado, o aumento no orçamento do fundo servirá para pagar as dívidas da Venezuela e de Moçambique com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Credit Suisse.
No caso de um não pagamento das dívidas de empréstimos que financiaram serviços e obras de empreiteiras brasileiras no exterior, quem arca com o pagamento é o Tesouro brasileiro. Isso porque, as operações têm seguro coberto pelo Fundo de Garantia à Exportação, vinculado ao Ministério da Fazenda. O pagamento deve ser feito até 8 de maio.

PALANQUE
Considerada a mais importante feira de tecnologia agrícola da América Latina, a Agrishow deste ano deverá receber vários dos pré-candidatos a presidência da República. Na cerimônia de abertura está prevista a presença do deputado Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência da República pelo PSL. Na quarta-feira, a feira deve receber o pré-candidato pelo PSDB, Geraldo Alckmin, e Ciro Gomes, pré-candidato pelo PDT. O pré-candidato pelo Solidariedade, Aldo Rebelo, também visitará a Agrishow, onde deverá participar de almoço oferecido por produtores rurais da região.O governo pediu aos parlamentares empenho na aprovação do texto que será levado a votação em sessão do Congresso Nacional, na próxima quarta-feira. Se aprovado, o aumento no orçamento do fundo servirá para pagar as dívidas da Venezuela e de Moçambique com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Credit Suisse.
No caso de um não pagamento das dívidas de empréstimos que financiaram serviços e obras de empreiteiras brasileiras no exterior, quem arca com o pagamento é o Tesouro brasileiro. Isso porque, as operações têm seguro coberto pelo Fundo de Garantia à Exportação, vinculado ao Ministério da Fazenda. O pagamento deve ser feito até 8 de maio.

PALANQUE
Considerada a mais importante feira de tecnologia agrícola da América Latina, a Agrishow deste ano deverá receber vários dos pré-candidatos a presidência da República. Na cerimônia de abertura está prevista a presença do deputado Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência da República pelo PSL. Na quarta-feira, a feira deve receber o pré-candidato pelo PSDB, Geraldo Alckmin, e Ciro Gomes, pré-candidato pelo PDT. O pré-candidato pelo Solidariedade, Aldo Rebelo, também visitará a Agrishow, onde deverá participar de almoço oferecido por produtores rurais da região.

Subscreva nosso Canal do Youtube e acesso a todos os vídeos. Curta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens. Entre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário. Siga-nos no Twitter

Urbs Magna 🌐 Estado de Minas

Anúncios

2 Comments

  1. O mercenário golpista responsável pelo caos em que vive o Brasil, julgando-se Deus, chantageando, mentido e enganando a os leigos, agora chora, não adianta, vai pagar caro pala sua tirania e traição, prisão já. Lula livre já;

    Curtir

  2. Não sei como este calhorda se mantém tanto tempo no poder. Uma estrutura de poder internacional muito resistente deve tê-lo alicerçado como uma das peças chaves do golpe 2016, ainda em curso.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: