PESQUISA IPSOS: LULA INALCANÇÁVEL E GOLPISTAS SEM CHANCE ALGUMA

BRASIL ELEIÇÕES 2018 Lula NOTÍCIAS POLÍTICA

O golpe de 2016 é absolutamente incapaz de se manter no poder pela via eleitoral. É isso o que revela uma nova rodada da pesquisa Ipsos, elaborada para o jornal Estado de S. Paulo. O levantamento também demonstra a dimensão da violência que as forças golpistas estão cometendo contra o povo brasileiro, uma vez que, mesmo após três anos de massacre, Lula é o político mais admirado do Brasil, com 42% de aprovação.

Enquanto isso, os candidatos alinhados ao golpe se mostram absolutamente inviáveis na urna. Michel Temer e Rodrigo Maia são aprovados por 4%, Henrique Meirelles por 5% e Geraldo Alckmin por apenas 20%. Curiosamente, os dados de Lula foram omitidos na edição impressa do Estado. “Ao contrário da maioria dos outros avaliados, os indicadores do ex-presidente pouco haviam oscilado nos 12 meses anteriores ao julgamento. A dúvida recaía sobre o possível impacto que uma eventual condenação teria em sua popularidade. Com base nos dados do Barômetro Político Estadão-Ipsos de fevereiro¹ podemos afirmar que, ao menos até este momento, o desgaste para o ex-presidente é diminuto”, aponta texto publicado na edição online. “Em fevereiro, sua desaprovação é de 56% (contra 54% em janeiro) e sua aprovação é de 42% (ante 44% no mês anterior.”

Os números de Lula são muito superiores aos dos políticos associados ao golpe de 2016. Michel Temer, que cogita disputar a reeleição pelo MDB, é aprovado por apenas 4% da população. O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), é aprovado por apenas 5% da população. Além deles, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), tem taxas de aprovação, desaprovação e desconhecimento similares às de Meirelles – 4%, 69% e 27%, respectivamente. No campo tucano, Geraldo Alckmin é aprovado por 20% dos eleitores, e desaprovado por 68%. Por fim, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) tem taxas um pouco melhores que as de Alckmin: aprovação de 24% – oscilação de três pontos para cima desde o levantamento anterior – e desaprovação de 58%.

As informações foram publicadas pelo jornalista Daniel Bramatti.

Subscreva nosso Canal do Youtube e tenha acesso a todos os vídeos. Curta nossa Página no Facebook e receba em primeira mão todas as postagens. Entre para o Grupo PROGRESSISTAS POR UM BRASIL SOBERANO e acompanhe as propostas para um país mais igualitário.

Urbs Magna via Brasil 247

Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.