Quem são os ministros do STF que se declararam contra a prisão de Lula?

10 de fevereiro de 2018 0 Por Redação Urbs Magna
Quem são os ministros do STF que se declararam contra a prisão de Lula?

Quais ministros votarão contra e a favor

Como o caso de Lula se confunde com o entendimento da execução da pena de um condenado em segunda instância, a concessão do habeas corpus preventivo para evitar a prisão do ex-presidente, pode ser interpretada da mesma maneira com que os ministros votaram pelo entendimento de execuções penais.

Portanto, é possível prever, com relativo grau de acerto, como votará cada ministro no caso atual. Veja:

DEFENDEM A EXECUÇÃO EM 2a INSTÂNCIA:

  1. Édson Fachin
  2. Luiz Fux
  3. Luís Roberto Barroso
  4. Cármen Lúcia
  5. Alexandre de Moraes (Não votou na ação, mas se declarou)

DEFENDEM A LEGALIDADE E A LIBERDADE ATÉ O FIM DOS RECURSOS:

  1. Celso de Mello
  2. Marco Aurélio Mello
  3. Ricardo Lewandowski
  4. Dias Toffoli
  5. Rosa Weber
  6. Gilmar Mendes (Votou a favor da execução em 2a instância mas, afirmou ter mudado de ideia)

Vale ressaltar que Luiz Fux pode se declarar impedido no julgamento do habeas corpus preventivo do ex-presidente Lula, por sua chefe de gabinete ser casada com o filho de Sepúlveda Pertence, que defende Lula nas instância do STJ e STF.

Anúncios