Camiseta da FEBEM é exposta em loja

A marca A Mulher do Padre (AMP) causou polêmica nas redes sociais por vender uma camiseta idêntica às usadas no passado por internos da Febem-SP, atualmente chamada de Fundação Casa. O imbróglio teve início após um usuário do Facebook publicar uma foto da camisa pendurada no mostruário da loja.

“Eu me assustei pela aud√°cia de ter feito uma camiseta daquelas. Fiquei meio assustado, pois deu aquela ideia de mercantilizar o sofrimento alheio”, disse Marcel Nunes, autor da publica√ß√£o.

Diante da repercuss√£o negativa, a AMP encerrou a venda do produto, que custava R$ 96. “√Č uma marca que vendemos chamada Lost & Found, de camisetas perdidas no tempo. Uniformes de parque de divers√Ķes, companhias a√©reas, concertos hist√≥ricos, o melhor e o pior dos √ļltimos tempos”, comunicou¬†a empresa que complementou: “Casos de tortura e morte na Febem s√£o acontecimentos que n√£o t√≠nhamos em conta, sen√£o n√£o incluir√≠amos de forma alguma”.

Entre a d√©cada de 1980 e o in√≠cio dos anos 2000, a Febem¬†costumava ganhar as manchetes¬†por conta de rebeli√Ķes promovidas pelos internos e in√ļmeros¬†casos¬†de maus tratos.

An√ļncios

Deixe um coment√°rio

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Voc√™ est√° comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s