“Presidente mentiroso do TRF-4 ameaça a tranquilidade social”, diz Eugênio Aragão

16 de janeiro de 2018 1 Por Redação Urbs Magna
“Presidente mentiroso do TRF-4 ameaça a tranquilidade social”, diz Eugênio Aragão

“Se alguém ameaça a tranquilidade social é o presidente do TRF-4”, disse o jurista

Os conchavos peripatéticos do presidente do TRF da 4ª Região por Brasília parecem permitir antever o resultado do julgamento agendado para o próximo dia 24 de janeiro em Porto Alegre. O juiz que declarou à imprensa ser “irretocável” a sentença de Sérgio Moro, mesmo sem tê-la lido, está à procura de um protagonismo no cenário já assaz conturbado”, escreve o ex-ministro da Justiça Eugênio Aragão.

Para o jurista, “se tem alguém, neste momento, que é uma ameaça à tranquilidade social, este é o parlapatão presidente do TRF da 4ª Região, que não nega suas preferências políticas, ou melhor, suas aversões partidárias e, com isso, se torna um péssimo porta-voz de seu tribunal, pois é incapaz de demonstrar altivez, soberania, imparcialidade e controle emocional

Anúncios