A Venezuela devolveu US$ 262,5 mi ao BNDES mas a mídia não divulgou

12/01/2018 2 Por Redação Urbs Magna
A Venezuela devolveu US$ 262,5 mi ao BNDES mas a mídia não divulgou

Recentemente, a mídia alardeou uma moratória da Venezuela e que envolvia a dívida do país com o BNDES. Além da notícia ter sido veiculada em telejornais, anunciou que apenas dois países se encontram com dívida em aberto com o banco estatal brasileira de desenvolvimento, além da Venezuela, a Bolívia. O que a mídia velha não divulgou com o mesmo clamor, foi a quitação das dívidas atrasadas do país liderado por Maduro, cujo regime é ironicamente chamado de “bolivariano”.


Originariamente publicado em 12/01/2018
Última atualização 20 de outubro de 2019 – 11:58h GMT


As parcelas em atraso, que somavam US$ 262,5 milhões, foram quitadas em créditos de transferência junto ao FMI, já que o país se encontra em dificuldades para realizar operações em dólar, no mercado financeiro.


WHATSAPP

TELEGRAM
Receba nossas NOTÍCIAS.
Acesse e siga as INSTRUÇÕES
Receba nossas NOTÍCIAS.
Acesse e siga NOSSO CANAL

Além do que já foi quitado, ainda restam aproximadamente US$ 274 milhões, a serem quitados com o Brasil, que já está sendo providenciado, ainda para esse mês, como previsto em contrato original celebrado no ato do empréstimo.





LEIA TAMBÉM:
A Petrobras pede desculpas a ‘inocentes perseguidos’ pela Lava Jato – a Lula também?
Lula ainda pode voltar a ficar elegível e a briga entre instâncias inferiores e o STF deve ajudar – Entenda
Gebran do TRF-4, que aumentou pena de Lula, tem suspeição óbvia por diálogos impróprios com procuradores do MPF revelados no Intercept


O Ministério da Fazenda informou, ainda, que as operações põem em dia as dívidas entre a Venezuela e o Brasil.

SIGA Et Urbs Magna

FacebookTwitterInstagram
Anúncios