Costa-Gravas, cineasta grego, assina manifesto em defesa de Lula

Uma das obras emblemáticas de Costa-Gravas denuncia as ditaduras na América do Sul nas décadas de 60 e 70. Trata-se de Estado Sítio, o filme ambientado no Uruguai que narra a luta dos Tupamaros pela democracia.

O cineasta assinou o manifesto a pedido do ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa, Celso Amorim. Em uma mensagem, disse saber “da situação exata do Brasil sobre o golpe de Estado muito sofisticado”.

Disse ainda estar a disposição para defender o retorno a normalidade no país.”Por favor, não hesite em me procurar novamente se precisar de mais alguma coisa, para Lula, para um Brasil democrático”.

Do Portal Vermelho, com Brasil247

Anúncios