Marun nega recursos a goveradores que votarem contra Reforma da Presidência

Estado Que Quiser Empréstimo, Vai Ter Que Garantir Votos Para Reforma

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou nesta quarta-feira (27) uma carta de governadores do Nordeste contra o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun (PMDB). “Se eu fosse presidente, demitiria esse ministro hoje mesmo”, disse Camilo à rádio Tribuna Band News FM, sobre a pressão do governo Temer para aprovar a reforma da Previdência.

Marun afirmou ontem que governadores interessados em receber recursos federais ou financiamentos junto a bancos públicos terão de ajudar o governo Temer a aprovar a reforma na Previdência.

“Isso é uma vergonha. Resumindo: ‘só libero teus empréstimos se orientar seus deputados a votarem a favor da previdência’. Já mandei recado, dizendo que não conte com governador Camilo”, afirmou o chefe do Executivo cearense.

A “reciprocidade” pedida pelo ministro de Temer desagradou governadores. Segundo Camilo, os líderes dos estados estão assinando uma carta ao presidente Michel Temer “dizendo que é inadmissível essa forma de fazer política no Brasil”.

Camilo lembrou ainda a pressão afeta especialmente governadores cujos estados passam por crise financeira e dependem de ajuda, como o Rio Grande do Norte.

Anúncios

Um comentário em “Marun nega recursos a goveradores que votarem contra Reforma da Presidência

  1. Pingback: Marun nega recursos a goveradores que votarem contra Reforma da Presidência — | O LADO ESCURO DA LUA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s