Vítima de racismo, ele concorre ao Senado pelo partido de Bolsonaro, condenado por racismo

16 de dezembro de 2017 0 Por Redação Urbs Magna
Vítima de racismo, ele concorre ao Senado pelo partido de Bolsonaro, condenado por racismo

Ronaldinho Gaúcho, vítima de racismo no México, será candidato a Senador pelo partido do militar ultraconservador jair Bolsonaro, condenado pelo Tribunal do Rio de Janeiro por “danos morais coletivos contra comunidades quilombolas e a população negra em geral”.

O futuro Senador Ronaldinho Gaúcho, como ele deseja ser, aproveita-se da demência política do povo, que elege palhaços e ‘heróis’ do futebol para cargos públicos.

Difícil de entender, não? Entretanto o partido que apoia Bolsonaro desmente filiação de Ronaldinho Gaúcho, conforme divulgou ontem a Revista Online IstoÉ.

“O partido Patriota, decidido a lançar a candidatura à Presidência do deputado federal Jair Bolsonaro, desmentiu nesta sexta-feira qualquer acordo para apoiar o ex-craque de futebol Ronaldinho Gaúcho a tentar uma cadeira no Senado.

“Não há nenhum acordo feito entre o partido e o atleta Ronaldinho Gaúcho para lançamento de eventual candidatura deste último ao Senado Federal” nas eleições de outubro de 2018, indicou essa formação política em comunicado.”

Anúncios