‘Lawfare Institute’ é criado em Londres com base em perseguição de LULA

BRASIL Golpe 2016 Lula MUNDO NEWS operação lava jato Sérgio Moro e Lula

Os advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins estão hoje (5), terça-feira, na Inglaterra onde lançaram, na Universidade de Londres, o “Lawfare Institute”.

Os advogados atuam na defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na Operação Lava Jato em Curitiba a qual é comandada pelo juiz Sérgio Moro.

Os defensores do petista se reuniram com Rafael Valim, Professor de Direito Administrativo da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP e, na capital londrina, criaram o Instituto Internacional contra o Lawfare com fins de defender políticos que sofrem perseguição e abuso de autoridade em seus países.

Segundo mensagem divulgada por Zanin nas redes sociais, o objetivo do instituto é “analisar, debater e formular propostas para casos de ‘lawfare’ em todo o mundo.”

O Conselho da instituição será composto por advogados, juristas e professores da Europa, Estados Unidos e da América Latina. Especialistas apontam que o lançamento do Instituto contra o Lawfare terá repercussão internacional e manchará profundamente a moral de Sérgio Moro e dos procuradores, a força-tarefa, da Operação Lava Jato em Curitiba.

O termo lawfare é usado pela defesa de Lula em situações em que os procuradores de Curitiba ou o juiz Sergio Moro, da Lava Jato, tomam medidas que configuram o uso dos meios jurídicos para fins de perseguição política.
Anúncios

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.