Carta de Compromissos com o Brasil, do PSDB, demonstra derrota do golpe 2016

29 de novembro de 2017 0 Por Redação Urbs Magna
Carta de Compromissos com o Brasil, do PSDB, demonstra derrota do golpe 2016

Se tem uma pessoa que encampou e tentou ser o símbolo da “moralidade” antes e durante o golpe, foi Aécio Neves. As diversas vezes que questionou o resultado das urnas, os diversos ataques à presidente eleita Dilma Rousseff e toda a criação do ódio em torno da esquerda, tem forte ligação com a irresponsabilidade do PSDB.

Agora, surge a tal carta de compromissos com Brasil, onde o partido responsável diretamente pelo golpe parlamentar de 2016, começa a defender ideais muito distintos do que defendeu para a implantação do governo ultra conservador de Temer. A postura adotada na carta é a demonstração completa da falência de próprio PSDB. Na prática, o partido que já abandonou o governo que ajudou a criar, começa a defender as pautas do governo Lula.

Chega a ser uma piada, ver um partido de direita defender a taxação de impostos para os mais ricos e a redução do custo Brasil para os mais pobres. Vai mais longe ainda, quando na carta, defende outra maneira de reformar a previdência, a distribuição de renda e a redução da desigualdade, entre outras políticas completamente combatidas pelo governo que integraram e abandonaram por pura covardia dos resultados desastrosos da destruição de diversos direitos sociais.

Tal postura, apresenta a nova realidade para as próximas eleições. Como o partido tucano não emplaca 10% das intenções de voto, terá de se tornar mais “popular”. Assim, independente de quem vencer as eleições, terá de adotar as pautas tradicionais de esquerda. Por esse ponto de vista,  independente do resultado, Lula já venceu em 2018.

Fonte: Aapostagem

Anúncios