(Vídeo): Pode haver intervenção militar no Brasil, segundo declarou um General

#FORATEMER BRASIL Corrupção Fora Temer

General Mourão: “Ação militar é possível devido à corrupção incessante no Brasil”

O general ativo do Exército, Antonio Hamilton Mourão, que é o secretário de economia e finanças da Força Militar, afirmou na sexta-feira (15), em palestra promovida pela maçonaria, que uma intervenção militar poderá ocorrer se o Judiciário não solucionar o problema da corrupção na política.

Mourão disse que essa imposição não será fácil, pois o Alto Comando do Exército avalia que ainda não é o momento para a ação, mas ela poderá ocorrer se a crise se agravar. “… ou as instituições solucionam o problema político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses elementos envolvidos em todos os ilícitos, ou então nós teremos que impor isso.”

Segundo o general, o Exército teria “planejamentos muito bem feitos” sobre o assunto, mas não os detalhou. Na sua exposição, o general criticou a Constituição de 1988 que, segundo ele, garante muitos direitos para os cidadãos mas poucos deveres. Ele ainda atacou a classe política.

Sociedade carente de coesão cívica. A sociedade brasileira está anímica. Ela mal e porcamente se robustece para torcer pela Seleção brasileira ou então sai brigando entre si em qualquer jogo de time de futebol. Crescimento insuficiente e o Estado é partidarizado. O partido assume, ele loteia tudo. Tal ministério é do sicrano, tal do fulano, e aquilo é porteira aberta. Coloca quem ele quer lá dentro e vamos dar um jeito de fabricar dinheiro.”

Mourão ainda falou sobre a Constituição Federal de 88

(A CF1988) …admite uma intervenção constitucional com o emprego das Forças Armadas. Contudo, “intervenção militar” não é prevista em nenhum trecho da Constituição. O artigo 142 da Carta, que costuma ser citado por militantes na internet, fala apenas que as Forças Armadas destinam-se à defesa da Pátria e à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes [Poderes], da lei e da ordem“.

Apos as declarações polêmicas, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública¹, organização não governamental, disse neste domingo (17) que vê com preocupação e estranheza a sugestão do general de que o Exército poderá intervir militarmente, caso a situação política não melhore:

¹Esta declaração é muito grave e ganha conotação oficial na medida em que o General estava fardado e, por isso, representando formalmente o Comando da força terrestre. Ela é ainda mais grave por ter sido emitida pelo Secretário de Economia e Finanças, responsável pelo gerenciamento de recursos da Força e, portanto, soar como chantagem aos Poderes constituídos em um momento de restrição orçamentária.”

O Exército Brasileiro², por sua vez, declarou que ²…tem pautado sua atuação no cumprimento da lei, buscando ser fator de estabilidade política e institucional. Não é possível, neste delicado quadro, vermos a confiança da população nas Forças Armadas ser abalada por posturas radicais, ainda mais diante da aguda crise de violência que atinge o país.

Anúncios

2 thoughts on “(Vídeo): Pode haver intervenção militar no Brasil, segundo declarou um General

  1. Apoio totalmente uma intervenção militar. Como foi mostrado ontem o Senado tem mais poder que o STF, órgão responsável para julgar e exigir o cumprimento das leis no país. Como a justiça também é corrupta não tem mais jeito para o Brasil. Sou a favor de uma intervenção. Para agora, o tempo esta se esgotando.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.