Michel Temer: “É cobra engolindo cobra!”

“Brasil é um país em que cada um quer derrubar o outro”

“Facínoras roubam do país a verdade” e vazamentos resultam em conclusões que transformam em crime ações respaldadas em lei, disse o presidente da República em nota divulgada nesta terça-feira (12).

A nota foi divulgada horas depois de um inquérito da Polícia Federal, enviado ao Supremo Tribunal Federal nesta segunda-feira (11), concluir que o presidente Michel Temer (PMDB) tinha o comando de uma organização criminosa formada por integrantes do PMDB da Câmara.

Segundo o relatório, Temer se usava de terceiros para executar tarefas e teria recebido pelo menos R$ 31,5 milhões. O parecer poderá servir de base para a nova denúncia a ser apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ainda nesta semana. O inquérito da PF cita ainda os ministros e auxiliares de longa data do presidente, Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Eliseu Padilha (Casa Civil), os ex-presidentes da Câmara, Eduardo Cunha (RJ) e Henrique Eduardo Alves (RN), além do ex-ministro Geddel Vieira Lima (BA).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: