Papa envia “Laudato Si” para Lula

Papa Francisco fez contato com Lula por meio de mensageiro que veio à América com projetos para bairros carentes  da Argentina.

Durante horas, o ex-presidente foi entrevistado por um homem de confiança do Papa Francisco em um encontro sugestivo onde ficou evidenciado que tanto a Argentina quanto Roma têm suas atenções voltadas para os últimos escândalos que podem significar a saída de Michel Temer.

De lá, a santidade enviou a Luis Inacio Lula da Silva uma cópia da Encíclica Laudato Si. O ex-presidente, prometendo que a lerá do princípio ao fim, se interessou pelos encontros do pontífice com os movimentos populares a nivel mundial ao passo que este também transmitiu sua preocupação com o destino da profunda crise política e social que atravessamos.
Em abril deste ano, o Papa respondeu uma carta na qual recusou um convite feito por Temer no final de 2016 para visitar o Brasil e participar das celebrações dos 300 anos da aparição de Nossa Senhora Aparecida, ocasião em que cobrou do presidente que fossem evitadas as medidas que pudessem agravar a situação da população carente no país.

A CARTA DO PAPA

“Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa dar uma receita concreta para resolver algo tão complexo. Porém não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais para crises que vão muito além da esfera meramente financeira”.

A CONVERSA DO HOMEM DO PAPA COM LULA

Juan Grabois é um ativista de movimentos. Ele não traduz a fala do pontífice, mas sim a de organizações populares. Entretanto, sua palavra tem um valor simbólico e reúnem algumas preocupações do líder católico. Tanto que, na tarde de quarta-feira (24) Grabois conversou privadamente com Lula convidando-o a participar de futuras atividades de movimentos populares, além de propor concentrar-se na questão do combate à fome, recordando o programa Fome Zero de seu governo e do prêmio recebido na ONU.

O ex-presidente interessou-se pelas reuniões de movimentos populares com o Papa ocorridas no Vaticano e em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), no qual Grabois foi uma figura chave. E o motivo de sua vinda tem uma forte razão: Lula, por ser este grande líder dos trabalhadores, acabou por ser adicionado pelo ativista em sua agenda de movimentos e estratégia de trabalho.

No final da reunião, o consultor do Vaticano apresentou cópias em português de três discursos do Papa em cúpulas mundiais e saiu com a impressão de que Lula é o único que pode resolver a crise no Brasil no contexto do ressurgimento de uma forte ofensiva popular contra os atuais governantes.

Em uma declaração feita em seu país de origem, Grabois afirmou que a situação de nosso país é muito difícil, a qual se complicou ainda mais após as manifestações contra Michel Temer em resposta à divulgação do áudio que evidencia sua cumplicidade com a corrupção.

DO PROJETO NA BAGAGEM

Em uma reunião na USP, Grabois apresentou os resultados de uma inédita pesquisa de bairros e assentamentos na Argentina, resultado da colaboração de sete mil voluntários que viajaram por nosso país vizinho durante meses, num grandioso trabalho que permitiu o presidente Mauricio Macri assinar o decreto 358/2017 que integra urbanisticamente vários bairros ao Registro Nacional oficial (RENABAP). Uma reviravolta para centenas de milhares de pessoas, mas que foi completamente despercebido por grande parte da imprensa Argentina.
Com este registo, mais de 400 mil famílias poderão conquistar a casa própria. Assim, milhares de cidadãos, até então invisíveis ao estado, poderão regularizarem-se e finalmente e exigir os serviços mais básicos – como água corrente, eletricidade, gás e esgoto. Eles também poderão pagar seus próprios impostos, fazer pedidos aos órgãos públicos e realizar investimentos na área de saúde, pensão e educação.
Toda essa ação origina-se de uma lei de mais de 20 anos e que tem como objetivo regular a relação jurídica dos habitantes de bairros populares com a terra que ocupam. E apesar de todos reconhecerem a vontade política do atual governo para assinar o documento, a pesquisa não é estritamente uma conquista a presidência de Macri, mas sim da Caritas Argentina sob o comando de Dom Oscar Ojea San Isidro.

Grabois foi convidado para falar sobre este projeto por uma associação de professores de pós-graduação no Brasil que se reuniram em uma conferência com cerca de 700 especialistas na área. Entre eles estava Erminia Maricato, reconhecida internacionalmente por ser a planejadora e secretária executiva urbana do Ministério das Cidades durante o governo Lula. 

Anúncios

Sobre dibarbosa

O autor estudou Letras, Língua Portuguesa, Latim, Grego, Espanhol, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Gestão da Informação na Universidade Federal do Paraná e Geografia no Setor de Ciências da Terra do Centro Politécnico da UFPR. Conhece os Estados de Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Bahia, passagens geográficas que influenciaram decisivamente em sua formação cultural levando-se em conta a grande diversidade étnica brasileira, o que também teve um papel fundamental na consolidação de sua sensibilidade literária. É autor de três livros intitulados "A Urbs Magna", "Teu Olho Direito É Meu" e "Kiosk 25", todos sob o codinome Dino Barsa, além de dezenas de poemas e outros pequenos projetos ainda em construção. Tem a música como hobby e, sendo instrumentista desde o início da adolescência, raramente passa o tempo sem seus instrumentos preferidos: a gaita de boca e o violão. Ainda, é adepto da alimentação com base nos superalimentos em associação com atividades físicas. Tem como costume a prática da empatia como forma de enxergar melhor o vasto mundo em que vivemos. Todos são bem-vindos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s