Escócia: uma nação dividida

APÓS DERROTA NO REFERENDO QUE DISSE NÃO À SUA INDEPENDÊNCIA DO REINO UNIDO, ESCÓCIA TEM SEQUELAScapture-20140920-043409

UK - Edinburgh - Scottish Independence Rally

Igreja escocesa apela para reconciliação dos dois lados e o “não” se queixa da pressão nacionalista.

Amizades foram desfeitas. Pessoas, insultadas. Propriedades, danificadas por vandalismo. Hoje, a Escócia é uma nação dividida como jamais havia sido. A coisa ficou tão séria que até um famoso jornal local publicou um apelo para que a população ficasse unida, mesmo diante destas divergências políticas existentes em cada cidadão. Mas os ativistas do “sim” ainda ameaçam e tentam intimidar em uma situação que fugiu ao controle de seus mentores. Nas vésperas das votações que garantiram a vitória do “não” com 55% contra 45% do “sim”, os conservadores revelaram que se sentiram pressionados e intimidados pelos independentistas. Fizeram uma votação silenciosa, com medo de represálias pois queriam continuar no Reino Unido com sempre estiveram há mais de 300 anos juntamente com Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte. Até mesmo repórteres que cobriram as apurações foram ameaçados pelos manifestantes da independência. Mas, enfim, o “não” ganhou causando um alívio ao parlamento inglês. A Escócia, agora, investiga suspeita de fraudes e os incansáveis adeptos da liberdade prometem voltar em breve.

Anúncios

Sobre dibarbosa

O autor estudou Letras, Língua Portuguesa, Latim, Grego, Espanhol, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Gestão da Informação na Universidade Federal do Paraná e Geografia no Setor de Ciências da Terra do Centro Politécnico da UFPR. Conhece os Estados de Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Bahia, passagens geográficas que influenciaram decisivamente em sua formação cultural levando-se em conta a grande diversidade étnica brasileira, o que também teve um papel fundamental na consolidação de sua sensibilidade literária. É autor de três livros intitulados "A Urbs Magna", "Teu Olho Direito É Meu" e "Kiosk 25", todos sob o codinome Dino Barsa, além de dezenas de poemas e outros pequenos projetos ainda em construção. Tem a música como hobby e, sendo instrumentista desde o início da adolescência, raramente passa o tempo sem seus instrumentos preferidos: a gaita de boca e o violão. Ainda, é adepto da alimentação com base nos superalimentos em associação com atividades físicas. Tem como costume a prática da empatia como forma de enxergar melhor o vasto mundo em que vivemos. Todos são bem-vindos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s