6 meses para controlar ebola

medicos sem fronteirasLevará ao menos seis meses para frear o surto de ebola: Joanne Liu, a presidente internacional da equipe Médicos Sem Fronteiras, crê que se a situação não for controlada na Libéria neste prazo, a região nunca será estabilizada.

A equipe Médicos Sem Fronteiras (MSF) alertaram hoje que levará ao menos seis meses para controlar o surto de ebola que se espalhou pela África Ocidental desde março deste ano e que tomou a vida de mais de mil pessoas.’Temos que controlar a epidemia nos próximos seis meses’, disse a presidente do MSF, Joanne Liu, em uma rede de notícias a partir de Genebra, após viagem de dez dias pela região. Liu fez uma séria advertência sobre a situação na Libéria: ‘Caso o surto na Libéria não estabilizar, jamais o faremos com a região’, disse acrescentando que são necessárias mais pessoas ligadas à saúde para realizar este trabalho. Paralelamente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) informou que o pessoal empregado nos países afetados pelo surto consideram que a quantidade de casos e mortes subestimam amplamente a magnitude da epidemia. Em seu último balanço a OMS declarou 1069 óbitos do ebola e 1975 o número de casos confirmados, prováveis e suspeitos na Guiné, Libéria, Nigéria e Serra Leoa. A OMS decidiu declarar o surto de ebola como uma emergência sanitária internacional, ao mesmo tempo em que pediu aos países afetados que declarem a emergência a nível nacional e aumentem suas medidas de proteção, o que está sendo feito desde então.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s