Europa desenvolve reator experimental de energia semelhante ao sol

2 02-03:00 dezembro 02-03:00 2013 0 Por Redação Urbs Magna
Europa desenvolve reator experimental de energia semelhante ao sol
Um grupo de cientistas na Alemanha está desenvolvendo um reator experimental de fusão nuclear que produzirá energia inesgotável, baseado nas estrelas e no sol.
“Nós construimos um pequeno sol na Terra”, afirmou um físico da Universidade de Sevilha, Manuel Garcia Munhoz, que participa do projeto europeu.
Segundo o portal espanhol Solociencia.com a nova fonte de energia é limpa e inesgotável.
O cientista afirma que para Na produção de energia, as estrelas fundem os núcleos dos átomos que as originam causando temperaturas de milhões de graus, e reproduzirão este processo na Terra controlando a fusão de isótopos de hidrogênio que se formam dentro do reator, causando temperaturas ainda maiores que a do sol, ou seja, 100 milhões de graus. Segundo ele, não existe matéria capaz de suportar tais temperaturas e por isso será necessário manter o plasma produzido confinado a campos magnéticos isolados das paredes do reator.
Ainda que uma parcela de íons energéticos, produzidos pelo plasma gerado da fusão nuclear, é perdida no processo, o Instituto Max-Planck de Física do Plasma de Munique, Alemanha, onde está instalado o reator, segue com o projeto. Para isso, foram instalados detectores com o fim de medir a quantidade perdida.
Após conseguir controlar toda a perda de íons, segundo o grupo de cientistas referência mundial no desenvolvimento destes reatores, “a energia que se obterá de 1 copo d’água valerá para toda energia que uma pessoa consumiria em toda sua vida. A fusão de partículas de hidrogênio será viável em um futuro próximo, uns vinte anos, quando poderá ser uma alternativa aos combustíveis convencionais como o petróleo.
 Clique para ter a espetacular visão panorâmica do reator, disponibilizada para os internautas.
Todo o estudo está publicado na revista Plasma Physics Controlled Fusion.
Anúncios