O fim do neoliberalismo na América Latina?

O neoliberalismo perdeu força na América Latina? Quais são as demandas que vão além do mercado e, atualmente, dominam a agenda do desenvolvimento na região?

Estas são algumas das perguntas que são respondidas no livro “A América Latina na era pós-neoliberal: a democracia, o conflito e a desigualdade” (IEP / CIAS) editado por Yusuke Murakami cientista político japonês.

O livro reúne uma série de artigos de vários pesquisadores para analisar a situação atual dos países da região em torno de três temas: a consolidação da democracia, a reconstrução da relação entre Estado e sociedade após o conflito ou durante estes , e tanto a desigualdade social quanto a política.

Após o colapso da matriz “centrada no Estado” nos anos setenta, os anos oitenta viram a expansão do neoliberalismo apoiado pelo desenvolvimento da globalização. Isto levou à dominância do “mercado” matriz a partir da primeira metade dos anos noventa.

No entanto, o novo modelo não conseguiu superar a desigualdade própria do desenvolvimento histórico estrutural de cada país latino-americano. Movimentos assim ganharam força exigindo mudanças do neoliberalismo. Assim, em vários países, os líderes desta tendência chegaram ao poder. Este fenômeno foi chamado de “virar à esquerda” ou “esquerda”.

Este livro argumenta que a região está agora em fase pós-neoliberal, porque as agendas sócio-econômicas, tais como a pobreza, a desigualdade, o desemprego, os baixos salários, entre outros, são considerados importantes até mesmo pelas forças de direita, que é o fim dominante do neoliberalismo.

O livro será apresentado na quarta-feira 27 de novembro e os comentários serão dadas por Martin Tanaka, cientista político e pesquisador principal do IEP.

Ysuke Murakami é  um cientista político e doutor em Ciência Política pela Universidade de Tsukuba, no Japão. Entre 1991 e 1995 foi assessor especial (analista político) da Embaixada do Japão no Peru. Atualmente é professor associado do Centro de Estudos Regionais Integrados (CIAS) da Universidade de Kyoto, no Japão. Seus livros incluem Peru na era do chinês. Política não institucionalizada e pessoas em busca de um salvador (Lima, 2007 e 2012) e da dinâmica político-econômica dos países andinos (Lima, 2012).

Fonte: Lamula.pe

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s