Moscas britânicas modificadas podem invadir a Espanha.

espanhol

inglêschinês

última atualizaçao em 22 de outubro de 2014

moscouUma companhia britânica, dedicada ao controle de pragas, pretende liberar insetos transgênicos em campos europeus como alternativa ao uso de pesticidas químicos, em “um experimento que implica graves riscos à saúde humana e ao meio ambiente”.

 Segundo o portal mailonline, no início de 2013  a Oxitec solicitou ao governo espanhol a realização de uma experiência com suas moscas geneticamente modificadas em campos de oliva da Catalunha como alternativa de combate às pragas que danificam a colheita daquele cultivo. Os responsáveis do projeto sustentam que os insetos transgênicos ajudarão a melhorar o meio ambiente, ao se interromper a aplicação de pesticidas químicos nas plantações. O laboratório criou moscas de oliva (bactrocera olea) somente do sexo masculino esperando que ocorra um acasalamento natural com fêmeas selvagens. Os insetos de proveta foram modificados geneticamente para causar a morte das moscas selvagens em fase larval, e assim reduzir sua população. “As moscas dos geneticistas eliminariam os parasitas selvagens em menos de dois meses.”, diz a Oxitec. Porém, ONGs ecológicas afirmam que os machos sobrevivem durante meses, por isso existe o risco que se propaguem sem controle, colocando em perigo a saúde humana, o meio ambiente e a produção de azeitonas. Um descontrole semelhante está sendo visto, recentemente, após a bactéria Cynthia se descontrolar,  auto-redefinir seu objetivo e passar a atacar seres humanos.

Anúncios

Sobre dibarbosa

O autor estudou Letras, Língua Portuguesa, Latim, Grego, Espanhol, na Universidade Federal do Rio de Janeiro, Gestão da Informação na Universidade Federal do Paraná e Geografia no Setor de Ciências da Terra do Centro Politécnico da UFPR. Conhece os Estados de Alagoas, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Santa Catarina e Bahia, passagens geográficas que influenciaram decisivamente em sua formação cultural levando-se em conta a grande diversidade étnica brasileira, o que também teve um papel fundamental na consolidação de sua sensibilidade literária. É autor de três livros intitulados "A Urbs Magna", "Teu Olho Direito É Meu" e "Kiosk 25", todos sob o codinome Dino Barsa, além de dezenas de poemas e outros pequenos projetos ainda em construção. Tem a música como hobby e, sendo instrumentista desde o início da adolescência, raramente passa o tempo sem seus instrumentos preferidos: a gaita de boca e o violão. Ainda, é adepto da alimentação com base nos superalimentos em associação com atividades físicas. Tem como costume a prática da empatia como forma de enxergar melhor o vasto mundo em que vivemos. Todos são bem-vindos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s