Porque a utopia socialista persiste através do tempo?

Nada é mais espantoso para um acadêmico sério e sem clichês ideológicos, cuja base de estudo faz-se da história, direito, economia e antropologia que a visão da persistência da doutrina socialista/comunista. Talvez porque apenas estas áreas não sejam capazes de explicar a inclinação psicológica das massas a estas doutrinas, cuja base faz-se das mais vis noções emocionais, como a inveja calcada na demagogia, e a usurpação como reajuste social. Esta inclinação descabida se assemelha a de um cosmólogo que defende com veemência o modelo geocêntrico. Para qualquer estudioso que se baseie numa ciência legitima, calcada em evidencias, esta defesa lhe parecerá insana ou motivada por razões pessoais quando advinda do mundo acadêmico. Quando originária de leigos, nada mais representa que um aspecto puro da ingenuidade ignorante. Uma vez que comprometido com a necessidade de respostas, seria inconcebível aceitar estes fatos superficiais. Portanto, cabe uma análise mais profunda a fins de entender o motivo desta corrente já refutada persistir na atualidade. Para tanto, devemos indagar sobre suas origens.

Continue a leitura desta Matéria no Blog de Origem:

Porque a utopia socialista persiste através do tempo?.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s